IDEIA DO PLATINI

A "Liga das Nações" que pode revolucionar a história do futebol

Sabe-se que Michel Platini, presidente da UEFA, foi um jogador diferente, daqueles que faziam o torcedor pagar o ingresso com gosto. E como dirigente, desde a sua chegada às altas esferas do futebol, ,mostrou que tem a cabeça aberta para propor mudanças no sistemático ambiente do futebol. O jornal Mundo Deportivo publicou a revolucionária ideia do francês para mudar a Eurocopa e o futebol das seleções europeias. 

 

Como Platini mudaria o sistema atual de seleções? Criando uma Liga das Nações a partir de 2018. Essa “Nations League” teria uma “final four” entre os quatro melhores no verão de 2019. Dessa Liga saíram as equipes que irão se juntar às demais para estrelar a fase preliminar da Eurocopa 2020 com as 54 federações que compõem a UEFA. Hoje, em Astana, capital do Cazaquistão, o Congresso mudará o futebol europeu de seleções nacionais. Será criada uma espécie de Champions League com um prêmio especial: a classificação para a fase final do Eurocopa 2020.

 

De acordo com o jornal espanhol: "Platini, que não conseguiu fazer estas mudanças para a França 2016, depois de longas negociações, terá carta branca das federações  europeias para uma revolução espetacular. A primeira fase que começará em 2019 (a Liga das Nações) dividirá, de acordo com o coeficiente UEFA, os países das 54 federações em quatro categorias; o grupo A, com 12 equipes divididas em 4 subgrupos de 3 seleções; o grupo B, também com 12 equipes em 4 subgrupos de 3; o grupo C, com 14 seleções divididas em 2 subgrupos de 4 equipes e outros 2 de 3 equipes; e o grupo D, com 4 grupos de 4 equipes cada".

 

Quatro vencedores sairão dessa primeira fase e disputarão a “final four” em junho de 2019, uma iniciativa parecida com a Euroleague do basquete, com duas semifinais e uma final, um verdadeiro mini-europeu pela qualidade dos participantes. A sede, assim como no basquete, será única, uma verdadeira festa. Uma vez terminada a Liga das Nações, começarão as eliminatórias para a Euro 2020 no velho estilo, com 4 grupos de 6 equipes e 6 grupos de 5. O sorteio será realizado em dezembro de 2018. Serão classificados 10 campeões e 10 vice-campeões dos grupos mencionados. Esses 20 times se juntarão os vencedores do “playoff” inicial da Liga das Nações mais o país organizador, que em 2020 poderia ser a Turquia.

 

"Há dúvidas sobre esta última fase e deverão ser esclarecidas hoje durante o Congresso da UEFA em Astana, porque com estes números serão 25 equipes classificadas. O mais  lógico seria reduzir uma equipe da fase sorteada e, em vez de 10 vices, apenas 9 se classificariam. No Congresso de hoje todos os segredos desta autêntica revolução do futebol de nações serão revelados", compartilha o portal espanhol. Você gostou da ideia?

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE