FORMAÇÕES

A escalação ideal para a temporada dos 10 melhores times do mundo

Todas as potências europeias adquiriram reforços à altura de sua grandeza. A temporada está começando e o sonho é grande. A glória que poderá ser saboreada em pouco menos de um ano começará a ser semeada agora, no início da atividade. E o Paixão Libertadores resolver montar a "escalação ideal" dos melhores times daqueles lados.

De acordo com o site Football Club World Ranking, Real Madrid, Atlético de Madrid, Bayern de Munique, Barcelona, ​​Benfica, Arsenal, Juventus, PSG, Chelsea e Borussia Dortmund, nesta ordem, formam o Top 10 mundial. Para a formação foi considerado qual seria a equipe mais competitiva, independentemente de o jogador estar disponível, lesionado ou suspenso. Por exemplo, Luis Suárez foi incluído porque, se não estive punido, certamente seria titular do Barcelona.

 

Confira a “escalação ideal” para esta temporada dos 10 melhores times europeus:

 

 

Real Madrid: Iker Casillas; Sergio Ramos, Alvaro Arbeloa, Pepe, Marcelo; Luca Modric, Toni Kroos; Gareth Bale, Cristiano Ronaldo, James Rodríguez; Karim Benzemá. Técnico: Carlo Ancelotti.

 

Atlético de Madrid: Jan Oblak, Juanfran, João Miranda, Diego Godín, Guilherme Siqueira; Raúl García, Gabi, Koke, Arda Turan; Antoine Griezmann, Mario Mandzukic. Técnico: Diego Simeone.

 

Bayern Munich: Manuel Neuer; Dante, Juan Bernat, David Alaba, Holger Badstuber; Philipp Lahm, Bastian Schweinsteiger; Arjen Robben, Thomas Muller, Franck Ribéry; Robert Lewandowski. Técnico: Pep Guardiola.

 

Barcelona: Claudio Bravo; Dani Alves, Jeremy Mathieu, Javier Mascherano, Jordi Alba; Ivan Rakitic, Sergio Busquets, Andrés Iniesta; Luis Suárez, Lionel Messi, Neymar. Técnico: Luis Enrique.

 

Benfica: Artur Moraes; Maxi Pereira, Luisao, Jardel, Eliseu; Ruben Amorim, Anderson Talisca; Enzo Pérez, Nicolás Gaitán, Eduardo Salvio; Lima. Técnico: Jorge Jesús.

 

Arsenal: Wojciech Szczesny; Mathieu Debuchy, Calum Chambers, Laurent Koscielny, Kieran Gibbs; Aaron Ramsey, Jack Wilshere; Alexis Sánchez, Mesut Özil, Santi Cazorla; Olivier Giroud. Técnico: Arséne Wenger.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE