HISTÓRIA PURA

Argentina e Brasil, cem anos do Superclássico das Américas

Alguns dirão que Inglaterra e Alemanha é o maior clássico de todos. Outros comentarão sobre outros duelos que paralisam o mundo. No entanto, é na América do Sul que está a maior rivalidade de todas: Argentina e Brasil, Brasil e Argentina. Maradona vs. Pelé, Neymar vs. Messi. O choque entre a Albiceleste e a Verde-amarela fez nesse fim de semana cem anos e o Paixão Libertadores relembra um pouco de sua história.

O primeiro. O destino dessas duas grandes seleções se cruzou em 20 setembro de 1914, em um amistoso que a Argentina venceu facilmente por 3 a 0. O duelo foi pela Copa Roca, chamada assim em honra do presidente Julio Argentino Roca. O jogo aconteceu em Buenos Aires, e os visitantes tiveram problemas de imigração na fronteira, chegando apenas seis horas antes do jogo. Por esse motivo, a disputa pelo troféu foi adiada para a semana seguinte. No entanto, dada a enorme expectativa que havia levado à venda de 18 mil ingressos, houve o jogo apenas como um amistoso no dia inicialmente combinado. No antigo estádio do Gimnasia y Esgrima de Buenos Aires, com arbitragem do uruguaio Peyrou León, a Argentina venceu por 3 a 0 com dois gols de Carlos Izaguirre e um de Aquiles Molfino.


Histórico. Foram 36 vitórias albicelestes, 35 verde-amarelas e 24 empates. Desses jogos, 43 foram oficiais: a Argentina venceu 18, o Brasil, 15 e empataram 10. Os 52 restantes foram amistosos: 18 triunfos argentinos, 20 brasileiros e 14 empates.

Copa América. No maior torneio continental, argentinos e brasileiros já se enfrentaram 32 vezes. A Argentina venceu 15, o Brasil, 9, e empataram 8. Três jogos foram pela final do torneio: em 1937, em Buenos Aires, quando a Argentina venceu na prorrogação por 2 a 0 e os brasileiros se retiraram do estádio por insultos racistas; em 2004, em Lima, quando houve empate 2 a 2 e o Brasil venceu nos pênaltis (2 a 4); e em 2007, em Maracaibo, em que o Brasil venceu por um sonoro 3 a 0. Houve outras partidas disputadas pela final, mas em um formato diferente.

Depois de uma confusão generalizada na Copa América de 1946, a Conmebol puniu ambos os países e proibiu que se enfrentassem por 10 anos.

Copa do Mundo. Já se enfrentaram quatro vezes em Mundiais. O Brasil ganhou em 1974 (1 a 2) e em 1982 (1 a 3); a Argentina venceu em 1990 (1 a 0); houve um empate em 1978 (0 a 0). Já nas eliminatórias, se enfrentaram seis vezes, todas neste século, no formato todos contra todos. Argentina venceu dois duelos, o Brasil venceu três e empataram apenas uma vez: em 2008, em Belo Horizonte, sem gols. Além disso, colidiram na memorável final da Copa das Confederações 2005: a Canarinha goleou a Argentina por 4 a 1 em Frankfurt.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE