BERNAL BATEU O RECORDE

As três expulsões mais rápidas da Libertadores

Ontem à noite mais um recorde foi batido na história da Libertadores. No jogo do Atlético Nacional e Nacional(2 a 2), o colombiano Alejandro Bernal se tornou o jogador expulso mais rápido das 55 edições do torneio. O árbitro mexicano, Marco Rodriguez, mostrou o cartão vermelho aos 27 segundos. Saiba quais são as marcas anteriores.

O recorde anterior era do uruguaio Jorge José González, que havia sido expulso pelo árbitro, Alberto Ducatelli,no jogo em que seu time, Rosario Central, perdeu para o Huracán por 4 a 0, em 11 de abril de 1974. E o terceiro posto ficou, agora, com o brasileiro Kléber, que estava jogando pelo Cruzeiro (19 de maio de 2010) na derrota de sua equipe contra o São Paulo, nas quartas de final da Libertadores.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE