O TÉCNICO CAMPEÃO

BAUZA: "Há alguns anos parecia que o clube iria desaparecer, hoje está no topo"

Edgardo Bauza, técnico do San Lorenzo, reconheceu que sua equipe não teve seu melhor desempenho na final da Copa Bridgestone Libertadores 2014, mas encontrou uma maneira de ganhar o título e fazer história.

"Estou feliz. Ainda por cima, o time jogou muito nervoso, notava-se nos dias anteriores, e eu nunca consegui acalmá-los. Enfim, tínhamos que ganhar", disse Bauza após o confronto que deu a primeira Libertadores na história do Ciclón.

O técnico, que já foi campeão da Libertadores com a Liga de Quito em 2008, insistiu que o time não funcionou de forma ideal na final e deu crédito ao Nacional pelo que fez."Jogamos muito mal no primeiro tempo, a equipe jogou nervosa, se contagiou das pessoas e não conseguia tirar a pressão dos jogadores. No intervalo, eu pedi que eles se acalmassem e jogassem mais por fora", contou o técnico argentino.

Finalmente, Bauza, que confirmou a sua continuidade no San Lorenzo para disputar o Mundial de Clubes em dezembro, comemorou a vitória histórica para o clube de Boedo. "Os jogadores e torcedores merecem isso, que aproveitem, hoje são os melhores da América. Há alguns anos parecia que o clube iria desaparecer, hoje está no topo", concluiu.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE