HISTÓRIA DE VIDA

Craque do Borussia Dortmund tem uma trágica história de vida

Ele é muito conhecido na Europa e é titular indiscutível em um dos melhores clubes de hoje, o Borussia Dortmund.

Seu nome é Jakub Błaszczykowski, meia polonês de 28 anos. Mas, hoje, ele não é notícia por um golaço ou algo relacionado com o presente. Hoje, contaremos sua triste história que tem servido de inspiração para muitos.

Jakub tem uma comemoração especial, sempre que marca, levanta as mãos para o céu em homenagem a sua mãe, Anna, que morreu quando ele tinha apenas 11 anos.

E é daí que vem sua terrível história. Jakub testemunhou naquela idade seu pai assassinando sua mãe a facadas, um fato que o traumatizou e mudou sua vida para sempre.

Seu pai foi condenado a 15 anos de prisão por este crime e, desde então, foi Jakub morar com a avó e nunca mais soube nada do pai até o dia do seu funeral.

"Eu sei que esta lembrança vai me acompanhar pelo resto da minha vida. Eu daria qualquer coisa em troca de que minha mãe estivesse viva. O que aconteceu deu uma guinada de 180 graus na minha vida. Foi como se uma pedra tivesse caído na minha cabeça e, uma semana depois, eu tivesse acordado para ter que recomeçar minha vida e superar tudo, como se nada tivesse acontecido ", admitiu há alguns anos o jogador do Dortmund.

Em meados de 2011, quando Jakub estava na concentração com a seleção polonesa, recebeu notícias de seu pai, Zygmunt, e teve de ir ao funeral dele com seu irmão, que também não tinha mais visto desde aquele dia fatídico.

"Aos 11 anos eu tive que amadurecer e começar a pensar diferente. Não é fácil perder de repente ambos os pais quando você tem 11 anos de idade. Só depois de um ano ou dois percebi o que realmente tinha acontecido", disse ele com tristeza.

Era difícil para ele falar em público sobre isso, mas Jakub tomou coragem e, hoje, fala com maturidade. Mesmo que doa para sempre, ele levanta a cabeça.

"Antes, eu nunca queria falar isso. Tentei esquecer e não consegui. Mas agora eu sou maduro o suficiente para falar sobre isso. Eu nunca vou entender o que aconteceu. Sempre vou perguntar 'por quê?'. Até o fim da minha vida, vou ter que viver com isso", confessou.

Mas, mesmo esta dura provação não foi motivo para que ele não tivesse sucesso no futebol. Jakub é agora um exemplo para todos os poloneses.

Ele começou a brilhar no Górnik Zabrze, em seu país, onde permaneceu por dois anos até ser contratado pelo Wisla Cracóvia por dois anos também.

Em 2007, o meia deu o grande salto para o futebol alemão, assinou com o Borussia Dortmund e, em 2009, foi eleito o melhor jogador do seu clube. Dois anos depois, ainda venceu o Campeonato da Alemanha.

Jakub Błaszczykowski é conhecido como Kuba, diminutivo polonês de Jakub. O jogador leva seu apelido escrito em sua camisa, em parte por seu sobrenome ser muito longo.

O meia é casado desde 2011 com Agata Gołaszewska e tem uma filha chamada Oliwia.

Fonte: Diez.hn

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE