ACHA QUE NÃO TEM CHANCE

Dante, titular no histórico 7-1, quer ser cidadão alemão

Sobram casos de jogadores que passaram de um clube para seu maior rival. Ronaldo, Figo, Saviola, Pirlo, Tevez, Eto'o, Hugo Sánchez, Ibrahimovic, Romário são alguns dos exemplos mais emblemáticos. Todos eles, com maior ou menor repercussão, colheram amor, ódio e indiferença, mas nenhum passou despercebido.

Ainda que sejam os dois dos países com maior número de Copas do Mundo, Brasil-Alemanha não é um clássico mundial, mas tudo mudou após a Copa do Mundo deste ano. O histórico 7 a 1 na semifinal marcou um antes e depois que nunca poderá ser apagado da memória do futebol.

Por isso, o que quer fazer Dante – zagueiro que entrou no lugar do suspendido Thiago Silva – pode se tornar um dos casos mais curiosos. O brasileiro, que joga no Bayern de Munique, pretende se tornar um cidadão alemão.

"Eu gostaria de ficar na Alemanha depois de terminar minha carreira. Com um passaporte alemão seria mais fácil. No meu caso, é possível solicitar a cidadania alemã após sete anos de residência. Para isso, eu preciso fazer um teste, mas estou preparado", disse o jogador ao jornal Sport Bild.

E não foi só isso que ele disse. O zagueiro, que joga na Alemanha desde que o Borussia Moenchengladbach o contratou em 2009, não acredita que será convocado novamente para a Seleção: "Não acho que eu tenha possibilidade alguma de ser convocado novamente para a seleção brasileira".

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE