HISTÓRIA INCRÍVEL

De marcar Rooney para o exército no mesmo dia

Em alguns países europeus o serviço militar ainda é obrigatório, a Estônia é um deles. Por isso, Artur Pikk, zagueiro do Levadia, que estreou na seleção estoniana contra a Inglaterra, teve que deixar seus companheiros de equipe com grande urgência assim que o jogo acabou.

Por quê? Pikk tem 21 anos e está em pleno serviço militar obrigatório. Mesmo sendo jogador de futebol profissional, não foi liberado e o exército da Estônia obrigou ele a se apresentar na base de Tallinn assim que o confronto terminasse.

Esse jovem zagueiro foi titular  na derrota de sua equipe contra a Inglaterra pelas Eliminatórias para a Euro 2016 e, deu a entrevista fardado, já que dali iria diretamente para a base. Do futebol para a guerra, sem escalas.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE