ACONTECE OUTRA VEZ?

Edgardo Bauza: último treinador campeão de uma final inédita

Em 2008, duas equipes surpreenderam ao chegar à final da Libertadores. Fluminense e Liga de Quito, dois times sem tradição no torneio mais importante da América, haviam eliminado Boca Juniors e América, do México, respectivamente.

Ao lado do gramado naquela final com equipes inéditas estavam Renato Gaúcho, pelo brasileiros, e Edgardo Bauza, pelos equatorianos. Como todos sabemos, Liga de Quito venceu a final nos pênaltis por 4 a 2, depois de disputar dois jogos emocionantes: 4 a 2 em Quito e 3 1 no Rio de Janeiro.

Seis anos mais tarde, mais uma vez a Libertadores traz Bauza em uma final inédita. Sim, o último vencedor está novamente frente a frente com o destino. San Lorenzo e Nacional, do Paraguai, chegam pela primeira vez à decisão que tanto desejavam no começo o torneio.

Desta vez, Edgardo Bauza estará em casa, no estádio Nuevo Gasómetro, mas terá que esperar até 13 de agosto para ver se o resultado será o mesmo.

 

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE