DECISÃO

Felipe Gedoz aceitou a convocação da seleção brasileira Sub-21

Depois de sua grande Copa Bridgestone Libertadores, o ex-atacante do Defensor Sporting foi transferido para o Brugge da Bélgica. Seus gols no torneio o colocaram em evidência na América do Sul e o clube belga aproveitou. E logo veio o desejo de duas seleções sul-americanas de poder contar com ele: o Brasil e o Uruguai.

Algumas semanas atrás, Felipe Gedoz confessou ao Paixão Libertadores sua vontade de jogar com a seleção do Uruguai: "morro de vontade de jogar no Uruguai, seria uma honra, um orgulho. Tenho este desejo e é um dos meus objetivos, mas, claro, não depende apenas de mim, mas do treinador ".

Mas o Uruguai acabou perdendo o atacante já que o Brasil agiu rapidamente e o convocou para a seleção Sub-21. Esse foi o primeiro passo em direção ao objetivo de manter Gedoz no Brasil. Ainda faltava a resposta final do jogador. A Seleção passou por uma situação semelhante com Diego Costa, que rejeitou a convocação.

No entanto, desta vez o Brasil venceu. Marcelo Tejera, representante do jogador, confirmou ao Paixão Libertadores que Gedoz aceitou o convite e vestirá verde-amarelo. Falta uma etapa agora, que é a permissão do clube belga, mas de acordo Tejera "o Brugge será notificado e decidirá ceder ou não o jogador, já que não é um evento FIFA, mas eu acredito que não haverá problemas".

A convocação chegou na hora certo. Peter T’Kint, jornalista belga do Sport Magazine, informou ao Paixão Libertadores que “o desempenho de Gedoz é muito bom. Sua adaptação foi rápida e já marcou um gol”. Brasil ficou com uma joia que o Uruguai não aproveitou.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE