INUSITADO

Jogou na França, fracassou no Real Madrid e estreou em outra seleção

O francês Julien Faubert (1983) conquistou a difícil marca de ser um dos poucos jogadores (único atualmente) que jogou em duas seleções, ao lado de grandes nomes do passado, como Di Stefano, Puskas e Kubala.

Por quê? O ex-Real Madrid (jogou algumas partidas na temporada 2008-09), atualmente no Girondins de Bordeaux, entrou para a seleção de Martinica, da América Central, para disputar a Copa do Caribe 2014 ao lado dessa exótica seleção.

Aproveitando que Martinica não é uma seleção reconhecida pela FIFA, o meia não hesitou e foi ao Caribe para ajudar a ex-colônia francesa.

E não é só isso, já marcou cinco gols e foi decisivo nas vitórias da equipe de camisa azul com branco, como se vê na foto, que terminou em primeiro no Grupo 9 da segunda rodada do torneio.

Esta é a sua segunda estreia em uma seleção como dissemos, já que ele jogou pelo seu país, a França, estreando em 2006 e foi o primeiro a herdar a camisa 10 depois de Zidane. História para contar a seus filhos, netos e muitos mais.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE