CRAQUE

Lee Seung Woo, a 'joia' coreana que desencadeou a punição do Barcelona

A severa sanção imposta pela UEFA que impede o Barcelona de contratar até 2015 veio da contratação irregular dez menores de idade, incluindo o paraguaio Tony Sanabria (vendido para o Sassuolo) e o coreano Lee Seung Woo, contratado após a Copa Danone na África do Sul em 2011 e que desencadeou a sanção do clube catalão,  

A FIFA proibiu em 2013 a escalação de Lee Seung-Woo considerado a "pérola" da categoria de base do Barça, por violar o artigo 19 do "Regulamento do Estatuto e Transferências de Jogadores". Em seguida, a entidade máxima do futebol mundial estendeu a proibição para os coreanos Paik Seung-Ho e Jang Gyeolhee, o francês Theo Chendri, o holandês-nigeriano Bobby Adekanye e o camaronês Patrice Sousia.

Os jogadores que levaram o Barcelona a ser punido foram: Lee Seung Woo (infantil), Paik Seung Ho (juvenil), Chan Kyul Hee Cadete, Theo Chendri (Juvenil), Bobby Adekanye (infantil), Patrice Sousia (infanto-juvenil), Giancarlo Poveda (infanto-juvenil), Andrei Onana (juvenil) e Maxi Rolón (juvenil). Tudo indica que o décimo da lista poderia ser o paraguaio Antonio Sanabria, vendido em 29 de janeiro para o Sassuolo italiano por 4,5 milhões de euros.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE