ANOTOU A PLACA?

PSG humilha Barcelona com espetáculo de Di Maria

Com goleada por 4 a 0, equipe catalã precisa agora de um milagre para avançar às quartas; Messi e Suárez sequer finalizaram a gol 

Os três momentos da partida 

1

Benditas orações 

Antes de a bola rolar, o zagueiro Thiago Silva havia dito que Messi só poderia ser parado com 'oração'. Pois parece que as preces do defensor, que sequer foi a campo por conta de uma lesão, foram ouvidas, uma vez que Messi, assim como Neymar e Suárez, mal viu a cor da bola no duelo desta terça-feira. Atuando em Paris, no Parc des Princes, o PSG teve uma noite mágica, dominando as ações desde os minutos iniciais do confronto. Aos 17 min do 1ºT, Di Maria, o grande destaque do confronto e aniversariante do dia, abriu o placar com uma cobrança de falta perfeita. Ter Stegen começava ali o seu calvário. 

2

Feliz aniversário, Di María! 

O gol de Di Maria era apenas o prenúncio do chocolate em Paris. Em dia nada positivo para Messi, o craque argentino foi desarmado por Verratti no meio de campo. O italiano partiu em velocidade e tocou na medida para o alemão Draxler, contratação de 30 milhões de euros, fazer o segundo. O time da casa foi para o intervalo com 2 a 0 no marcador. Mas quem disse que a intensidade na etapa final acabou? A situação ficou ainda melhor. Di Maria, que completa 29 anos nesta terça-feira, fez seu segundo gol na partida aos 10 min do 2º T. E não foi um tento qualquer. O argentino veio carregando, deu aquele breque maroto e chutou no canto direito de Ter Stegen, no ângulo. O alerta de chocolate se acendeu de vez. 

3

Feliz aniversário, Cavani! 

Deu até dó do Barcelona, de fato. E olha que Di María até saiu de campo. Sem o argentino, coube ao uruguaio Cavani, outro aniversariante do dia, dar números finais ao marcador. O centroavante do PSG fuzilou a meta de Ter Stegen pela quarta vez na partida, chegando ao seu sétimo gol na Champions League. Agora, Cavani está atrás apenas de Messi na artilharia do torneio continental. Com o 4 a 0, o Barcelona agora precisa de um milagre no jogo da volta, no Camp Nou. Nunca na história da Champions League, um time que tomou 4 a 0 no primeiro jogo do mata-mata conseguiu reverter o placar. 

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE