INDIGNAÇÃO

Político mexicano se desculpa com Ronaldinho após chamá-lo de "símio"

No final de semana passado, o ex-funcionário público do Estado de Querétaro Carlos Treviño Núñez que publicou comentários preconceituosos contra o astro dos Gallos Blancos, enviou uma carta aberta ao jogador, clube e torcedores oferecendo suas desculpas.

 

"Reitero o profundo arrependimento da minha estupidez, mandei uma carta de desculpas ao Clube Querétaro", tuitou o membro do Partido Acción Nacional, que também compartilhou uma imagem do documento enviado para pedir desculpas por ter chamado de Ronaldinho de "símio".

Além da carta, Treviño Núñez mencionou o jogador em um tweet pedindo desculpas. "Desculpas sinceras ao @Club_Queretaro e sua torcida por minha expressão lamentável. Como pessoa e jogador @10Ronaldinho tem todo o meu respeito", comentou ele.

Os dirigentes dos Gallos Blancos emitiram um comunicado expressando seu descontentamento com as palavras do político e exigiram uma reação das autoridades.

"Pedimos às autoridades competentes que tomem medidas sobre o assunto e afirmamos que, como um clube, vamos às últimas consequências da lei para que este tipo de expressões não voltem a afetar nenhum dos nossos jogadores ou membros do clube", comunicou o clube.

A resposta das autoridades chegou ontem à tarde informando que o Conselho Nacional de Prevenção à Discriminação (Conapred) abriu uma investigação contra Treviño Núñez.

"O Conapred abre queixa de ofício por expressões racistas contra o jogador de futebol Ronaldinho do Clube Querétaro", anunciou organismo através do Twitter.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE