DECISÕES
0 Likes

Quatro questões que a Conmebol precisa solucionar após a tragédia da Chape

Entidade não tem prazo para solucionar pendências e deseja, neste momento, dar total assistência à Chapecoense 

A tragédia que abalou o mundo do futebol nessa terça-feira deixou questões importantes em aberto para a Conmebol. A entidade que rege o futebol na América do Sul terá agora a missão de solucionar ao menos quatro pendências que podem ter interferência direta nas próximas competições do continente. 

A primeira delas trata-se do título da Copa Sul-Americana. O Atlético Nacional de Medellín, adversário da Chapecoense na grande final, já solicitou a entidade que a taça do torneio seja entregue aos catarinenses, decisão que ainda não foi acatada pela Conmebol. A entidade analisa a proposta, mas deverá optar pelo fato como forma de homenagem póstuma. 

Desta maneira, eis que surge a segunda questão envolvendo agora a disputa da Recopa Sul-Americana. O torneio coloca frente a frente os campeões da Libertadores e da Copa Sul-Americana. Caso a Chapecoense seja declarada campeã, a entidade deverá priorizar uma disputa entre catarinenses e o Atlético Nacional na próxima temporada ou deixar com que o Independiente Del Valle, vice-campeão da Libertadores, dispute contra os colombianos a decisão, seguindo assim o regulamento de suas competições como se o Nacional tivesse faturado os dois torneios de clube do continente? 

A terceira questão envolve a vaga colombiana na Libertadores via Copa Sul-Americana. Se o Atlético Nacional fosse campeão, uma nova vaga seria aberta para o país no principal torneio de clubes do continente. Com a possibilidade da Chape ser aclamada campeã, esta vaga colombiana seria mantida? E outra, a Chapecoense ganharia uma vaga diretamente na Libertadores? 

A última questão envolve uma vaga colombiana desta vez na Copa Sul-Americana. Com o Atlético Nacional campeão, mais uma vaga seria aberta ao país vizinho. A Conmebol manteria este posicionamento?

Ainda não há um prazo para que estas pendências sejam solucionadas pela entidade, que primeiramente deseja prestar toda a assistência à Chapecoense neste momento de pesar. A tendência é que a Conmebol preze pelo bom senso nas questões detalhadas em conjunto com a CBF e a federação colombiana. 

0

GOSTOU DO POST?

0
Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE