SAN LORENZO 1 - 0 NACIONAL

San Lorenzo é campeão da Libertadores 2014!

A espera terminou. San Lorenzo é o novo campeão da Copa Bridgestone Libertadores, o 24º do continente a ter esta honra ao derrotar por 1 a 0 o Nacional, do Paraguai, que deu batalha até o último minuto de jogo em um Nuevo Gasómetro lotado. O gol de pênalti de Ortigoza no primeiro tempo premiou a equipe mais consistente, pelo menos nas fases finais. Depois de décadas de piadas de seus grandes rivais, o clube do atual Papa Francisco pode se orgulhar de ter seu nome inscrito no troféu de clubes mais importante por estes lados.

 

OS TRÊS DESTAQUES DO JOGO

A PRESSÃO DO SAN LORENZO JOGOU CONTRA

O San Lorenzo, já sem Piatti e Cauteruccio na equipe titular, saiu pressionando e encurralando o Nacional contra sua própria rede em busca do gol que levasse calma e tranquilidade. Porém, Orué quase abriu o placar com uma bola na trave no começo. O San Lorenzo queria atacar, mas não esperava a ofensiva do Nacional, que fez pouco ou nada no Paraguai. O meio estava atordoado e os atacantes tinham mais velocidade que precisão, sem conseguir acertar o gol defendido pelo uruguaio Don Nacho, tudo era confusão.

1

PÊNALTI INFANTIL E O GOL DA LOUCURA

Quando o Nacional estava aparecendo mais no jogo, o San Lorenzo conseguiu um pênalti inacreditável, resultado de uma mão de Coronel na pequena área que o árbitro não hesitou em marcar. Ortigoza, cobrador habitual, ficou na frente da bola e não falhou: 1 a 0 para o delírio do sul de Buenos Aires. As emoções não pararam por aí, porque o Nacional poderia ter empatado e o San Lorenzo aumentado, mas o primeiro tempo foi assim, com o time da casa superior.

2

SE NÃO SE SOFRE, NÃO SE GANHA

O San Lorenzo voltou do intervalo procurando o segundo gol, e o Nacional queria um empate heroico como fez em Assunção. No segundo tempo, houve momentos dramáticos, mas não como nos primeiros 45 minutos. O clube paraguaio poderia ter empatado e saiu com uma imagem muito digna quando ninguém acreditava que estaria na final. O San Lorenzo venceu, tirou um peso histórico e deu a oitava equipe campeã à Argentina.

3
 

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE