E AGORA, BLATTER?

União Europeia boicotará a Copa do Mundo Rússia 2018

A situação que a Rússia vem atravessando é muito hostil pelo conflito bélico com a Ucrânia e, por enquanto, não há uma solução, motivo pelo qual se comenta há vários meses que a realização da próxima Copa do Mundo será afetada. Agora, a União Europeia apresentará um comunicado nesta sexta-feira sobre novas sanções.

A ideia é propor restrições contra a Rússia com objetivo de isolá-la economicamente, financeiramente e institucionalmente, incluindo "eventos internacionais culturais, comerciais e esportivos". A questão assumiu grandes proporções, e confirmada a intervenção da UE, a situação começa a ficar complicada para a Rússia, que também também perderia a Fórmula 1.

Alemanha apoia, Inglaterra não
 
Um dos países da UE não apoiará a proposta, a Alemanha, que, através de seu porta-voz do governo, Steffen Eibert, anunciou uma postura de flexibilidade total: “ainda faltam quatro anos para a Copa do Mundo na Rússia, portanto, não é a hora de abrir uma discussão sobre isso”. Por outro lado, a Inglaterra desaprova a participação russa na guerra com a Ucrânia e comunicou através de seu vice-ministro, Nick Clegg, que se “o comportamento bélico continuar, é inconcebível que a Rússia possa ter o benefício da organização de uma Copa do Mundo”.

Compartilhar Compartilhar Compartilhar Compartilhar
comentários

unirse a la conversación

Os pontos de vista e opiniões expressadas neste post são somente as do autor e não representam necessariamente as da Paixão Futebol.

SABIA QUE TEM MAIS NOTÍCIA AQUI EM BAIXO?
Continue navegando!

DESTAQUE DE HOJE