Equipes Sulamericanas Grandes com risco de descenso

Muitos times grandes correm risco de serem rebaixados em 2012. Hora das diretorias levarem a sério seu clube, time grande não é brinquedo!

Argentina

Independiente: Vive um drama. Ficou em último em 1 torneio e entre os 4 últimos em 3 nos últimos três anos. Se não fizer boa campanha nessa temporada, poderá jogar pela primeira vez em sua história a Segunda Divisão. Nesse momento, está em 17º lugar na Tabla de descenso.

San Lorenzo: Foi o primeiro dos grandes a ser rebaixado. Salvou-se na repescagem na temporada passada, mas esse recurso foi excluído do Campeonato Argentino. O Ciclón ainda não somou pontos que o afastem das últimas colocações Tabla de Descenso, na qual está em 18º.

Newells Old Boys: Mesmo sendo líder do Apertura 2012 e muito perto do título, a equipe de Rosário ainda terá de soar a camisa. Está em 15º na Tabla de Descenso, a 3 posições do Rebaixamento.

Argentinos Juniors: El Bicho teve um bom ano em 2010 (o primeiro da contagem dos Argentinos Juniors do Promédio), mas desde aí não conseguiu fazer campeonatos bons, sempre entre as últimas posições a brigando para não entrar na Zona anualmente, algo que passou a fazer parte da rotina do clube há muitos anos.

River Plate: Os Millonarios voltaram à Série A depois de viver o drama da queda e da Série B. No entanto o River ainda não somou uma boa quantidade de pontos para ficar mais confortável, está em 9º no Apertura e em 12º na Tabla de Descenso, que se altera muito mais pelos times que estão há 3 temporadas, que não é o caso do River. Segundo matemáticos argentinos a posição ideal para não ocorrerem sustos é entre a 6º e a 10º colocação na Classificação anual, para os times recém-promovidos.

Eduardo Tuzzio, capitán y emblema de Independiente. El Rey de Copas está en apuros con el promedio (foto: facebook.com/clubaindependiente).
 

Brasil

Palmeiras: Está em 18º, há 8 pontos de sair da Zona de Rebaixamento e precisa fazer 13 pontos nos 5 jogos que restam ao Alviverde. A situação é muito complicada para o time de São Paulo. 

Flamengo: Corre um pequeno risco, mas a equipe ainda precisa somar 6 pontos dos 6 jogos que lhe restam. Para vocês verem que a fase do Flamengo não está boa, o time correu risco de cair 2 vezes nos últimos 3 anos (incluindo 2012). Se o Campeonato Brasileiro se utilizasse do promédio, o Rubro-Negro teria caído em 2002 e em 2006.

Santos: A equipe de Neymar corre um improvável risco, precisa de apenas mais 3 pontos dos 6 jogos que restam, situação igual a do Cruzeiro.

Nos outros países sulamericanos, nenhuma equipe grande corre risco de descer! Nota-se que quanto maior a quantidade de times considerados grandes no país, maior é o número de times que correm o risco.

Europa

Os campeonatos acabaram de começar, mas equipes como Sporting (Portugal), Milan (Itália), Queens Park Rangers e Aston Villa (Inglaterra), Sochaux e Rennes (França), Athletic Bilbao e Deportivo La Coruña (Espanha), Dínamo Moscou (Rússia), Werder Bremen e Nurnberg (Alemanha), Genoa, Torino, Bologna, Sampdoria e Palermo (Itália) já mostraram que darão muita dor de cabeça aos seus torcedores.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

0

¿Te gustó la nota?

0
Compartir Compartir Compartir Compartir
comentarios

comentarios

Los puntos de vista y opiniones expresadas en este post son solamente las del autor y no representan necesariamente las de Pasión Fútbol.

¿SABÍAS QUE HAY MÁS NOTAS DEBAJO?
Sigue scroleando

Post destacados de hoy