Impressionantes quase 80% de aproveitamento em 2012 deixa Timão confiante para decisões

Por: felipombal corinthians

Independentemente dos resultados contra Ponte Preta, neste domingo, e Deportivo Táchira (VEN), na quarta, que definirão as posições do Corinthians na primeira fase do Estadual e na fase de grupos da Libertadores, respectivamente, a equipe de Tite estará forte e confiante na continuidade das competições.

E não é para menos. A sequência de bons resultados que levaram o Timão a chegar na última rodada com chance de ser o melhor entre os 20 clubes da primeira fase do Paulistão e o melhor entre os 32 clubes do torneio sul-americano deixaram Julio Cesar, Castán, Tite & Cia. confiantes para os confrontos mata-matas que virão a seguir em ambas disputas.

Para se ter ideia, o aproveitamento de pontos do Timão neste ano é de nada menos do que 78,3%. Em 25 jogos oficiais, 16 vitórias, seis empates e apenas uma derrota. No revés para o Santos, sete atletas não atuaram. Houve ainda dois amistosos.

São apenas três derrotas nos últimos 37 jogos (14 na última temporada e 23 neste ano). Algo conquistado com uma solidez defensiva impressionante. A média de gols tomados é de 0,52/jogo, sendo vazado apenas 12 vezes em 23 jogos. Detalhe: desse total de confrontos, o Alvinegro passou 13 vezes em branco.

A calmaria é tanta que os jogadores parecem não acreditarem que a equipe conseguiu seus primeiros objetivos no ano com antecedência.

– Dá uma tranquilidade maior. Não estamos muito acostumados a ter essa tranquilidade antecipada. Nosso grupo fez por merecer, vem fazendo uma grande campanha. Mas ainda é pouco, perto do nosso objetivo – afirma Fábio Santos.

Essa “tranquilidade antecipada” que o camisa 6 diz estranhar causa temor em Tite. O técnico diz que manterá o trabalho firme daqui para frente para evitar que essa calmaria se transforme em excesso de confiança e, posteriormente, acomodação e soberba.

– Temos consciência da nossa força, mas sem clima de euforia porque o bicho pega em campo. A equipe tem mais a render e produzir – avisa o técnico, que completou 147 jogos pelo clube e se tornou na quarta-feira o sétimo técnico mais presente na história do clube.

NÚMEROS QUE REPRESENTAM MOMENTO CORINTIANO

78,2%
É o aproveitamento do Timão em 2012. Em 25 jogos oficiais, com 16 vitórias, seis empates e apenas uma derrota. No revés contra o Santos, na Vila, Tite não teve sete jogadores. Houve ainda dois amistosos.

3
derrotas apenas nos últimos 37 jogos oficiais (14 na última temporada e 23 este ano). Os três algozes foram Botafogo (12/out/11), América-MG (6/nov/11) e Santos (4/mar/12)

0,52
É a média de gols tomados pela equipe, uma das melhores de todo país. O Corinthians foi vazado apenas 12 vezes em 23 jogos. Detalhe: desse total de confrontos, o Alvinegro passou em branco em 13.

25
jogos sem derrota. Esse é o retrospecto de Leandro Castán. A última derrota do zagueiro foi no dia 12 de outubro do ano passado, para o Botafogo, pelo Brasileirão. Chicão, Liedson, Danilo e Emerson, que também não perderam em 2012, sofreram último revés no dia 6 de novembro de 2011, para o América-MG.

147
é o número de vezes que Tite já comandou o Corinthians nas duas passagens pelo clube (2004/05 e 2010/12). O gaúcho é o 7º treinador mais presente na história, empatado com Jorge Vieira. O primeiro é Oswaldo Brandão, com 439.

Fonte: Lancenet

VAI CORINTHIANS!


 

Más noticias de FANATICOS