Jô volta ao Inter e rebate vizinhos: "incomodado que se mude"

Por: CLUBE DO POVO

 Atacante se recusa a explicar sumiço no Internacional

O atacante Jô voltou a treinar com o grupo principal do Internacional na tarde desta terça-feira, após 17 dias de "exílio" em Alvorada, no CT do time colorado, em razão da punição sofrida após cometer atos de indisciplina. E ele se mostrou surpreso pela repercussão que o seu caso teve.

No dia 19 de março, o jogador havia deixado o último treino em solo gaúcho antes da viagem para a Bolívia, onde o Internacional enfrentaria o The Strongest (BOL) dois dias depois, alegando estar passando mal. Ele não comunicou a sua ausência na viagem e ainda promoveu uma festa em sua residência na madrugada seguinte, o que causou a revolta dos seus vizinhos, que já haviam se queixado de uma outra festa na noite anterior

"Não tenho de ter relação com ninguém. Minha relação é dentro do clube. Quem estiver incomodado que se mude. Hoje eu estou feliz, agora é erguer a cabeça e seguir a vida", disse o atacante. "Não vejo porque eles (os vizinhos) estão incomodados. Eu vivo minha vida e não tenho de dar satisfação a ninguém. Como disse, não tenho de ser amigo de ninguém, apenas com meus companheiros do clube e meus amigos de verdade", completou.

Arrependido, Jô espera recuperar o terreno perdido no Internacional, já que era o substituto imediato de Leandro Damião antes de ser afastado e vinha de dois gols nos últimos dois jogos.

"Vinha fazendo boas partidas. Começa do zero, pois o grupo do Inter é muito bom. Nesse período começamos a refletir, já aprendi a lição e agora é dar a volta por cima", destacou o atacante.

Jô participou, ao lado dos demais companheiros, de um treino físico no suplementar do Beira-Rio, comandado pelo preparador físico Celso Rezende.

Más noticias de FANATICOS