INGRESA A PASIÓN FÚTBOL

Conectate con...

Facebook

Al registrarte estás aceptando los
Términos y Condiciones

o

Ingresa tus datos de usuario

Recordar mi usuario

INGRESAR
¿Olvidaste tu contraseña?

REGISTRATE EN PASIÓN FÚTBOL

Unete ahora

He leido y acepto los Términos y condiciones

REGISTRARME

Cancelar

Conectate con...

Facebook

Al registrarte estás aceptando los
Términos y Condiciones

REGISTRATE EN PASIÓN FÚTBOL

Felicitaciones!

Tu cuenta ha sido creada, pero necesitamos verificar si todo está correcto antes de que puedas empezar a participar de la comunidad de Pasión Fútbol.

Si en los próximos minutos no lo encuentras en tu bandeja de entrada, por favor, revisa tu carpeta de correo no deseado, esposible que se haya filtrado.

Recuperar contraseña

Para recuperar la contraseña ingresa a continuación los datos pedidos:

RECUPERAR CONTRASEÑA

Conectate con...

Facebook

Al registrarte estás aceptando los
Términos y Condiciones

Multicampeão pelo Internacional Bolivar pede seu afastamento aos 32 anos

Zagueiro conversou com Fernandão e solicitou para não ficar no banco de reservas até recuperar condição física e técnica

 

Bolívar, zagueiro do Inter (Foto: Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)Bolívar foi considerado um dos culpados pelo
momento instável do Inter no Brasileirão (Foto:
Diego Guichard / GLOBOESPORTE.COM)

A nova saída do time titular mexeu com Bolívar. O zagueiro, principal liderança do vestiário colorado e um dos grandes mobilizadores do grupo, desta vez, se abalou com o retorno ao banco de reservas. Tanto que conversou com Fernandão para sequer ser relacionado enquanto não recuperar a vaga entre os 11 iniciais.

Após a derrota por 1 a 0 para o Fluminense, o técnico do Inter falou sobre a situação do camisa 2. Ele revelou que teve uma conversa com Bolívar na última sexta-feira. Nela, o ex-capitão admitiu o desconforto por perder a posição e solicitou afastamento:

– Falei com o Bolívar. Como é uma situação de ficar no banco, ele pediu para ficar trabalhando a parte técnica e física. O Bolívar estava muito bem. O jogador se chateia por ficar de fora. Ele pediu para ficar fora do banco. Como tenho o Jackson e confio nele, acabei optando por ele.

A situação é diferente do discurso antes do jogo diante do São Paulo. Na ocasião, Fernandão disse que iniciaria um rodízio entre os jogadores relacionados no setor e também deixou Jackson no banco, o que colocaria Bolívar entre os suplentes diante dos comandados de Abel Braga. No entanto, o General, como é conhecido, estava resfriado, problema que já havia retirado da lista de alternativas para o jogo diante do Flamengo, quando o treinador resolveu sacá-lo do time, para colocar Rodrigo Moledo como o companheiro de Índio.

A irritação da torcida teve o seu auge após a derrota por 1 a 0 para o Coritiba. Na partida válida pela 20ª rodada do nacional, o zagueiro foi afastar uma bola defendida por Muriel, mas acertou Rafinha e viu a bola morrer no fundo das redes. No protesto realizado pelos colorados no dia 31 de agosto, os manifestantes queriam a saída do zagueiro.

No jogo anterior, o Gre-Nal, a defesa também errou na jogada que culminou no gol de Elano. Muriel saiu errado do gol. Juan cabeceou mal e Bolívar chegou atrasado para impedir o arremate do camisa 7.

Fora Bolivar, Internacional, Protesto (Foto: Wesley Santos / Gazeta Press)Torcida pediu a saída de Bolivar do time titular (Foto: Wesley Santos / Gazeta Press)

A retirada de Bolívar, todavia, não terminou com os problemas do sistema defensivo. Contra o Flamengo, Muriel furou em bola após receber recuo de D'Alessandro. Vágner Love aproveitou o descuido e abriu o placar. O Inter, porém, conseguiu vencer e fez 4 a 1.

No jogo seguinte, diante do São Paulo, novo vacilo da defesa. O time do Morumbi cobrou falta rápida enquanto os colorados estavam desatentos e Maicon marcou de cabeça, livre, empatando o jogo (a partida terminou 1 a 1).

Veio o Fluminense e, mais uma vez, a marcação falhou. Wellington Nem carregou a bola desde o campo defensivo até quase a grande área e nenhum colorado conseguiu roubá-la. O meia tricolor ainda driblou Índio. Quando tocou para Fred marcar o gol da partida, Rodrigo Moledo estava mal posicionado e não evitou o arremate do artilheiro do Brasileirão.

Mesmo ainda ostentando a terceira melhor defesa da competição, contra o Tricolor das Laranjeiras o Inter completou oito partidas seguidas sendo vazado. O último jogo em que os colorados deixaram o gramado invictos ocorreu no dia 8 de agosto, no empate em 0 a 0 com o Náutico.

Para corrigir os problemas de marcação e não ser surpreendido no Engenhão nesta quinta-feira, às 21h, contra o Botafogo, Fernandão terá apenas esta segunda, terça e quarta-feira. Ele contará com o retorno de Guiñazu para proteger a defesa. Porém, perdeu Nei e Fabrício, expulsos no último domingo. Elton deve ser improvisado na direita e Zé Mário surge como alternativa na esquerda. Bolívar segue sem previsão para voltar a ficar como opção
.

Compartir Compartir Compartir

unirse a la conversación

Los puntos de vista y opiniones expresadas en este post son solamente las del autor y no representan necesariamente las de Pasión Fútbol.

Post destacados de hoy